02/06/2011

Trabalhadores têm até 30 de junho para sacar o abono salarial referente a 2009

Quem trabalhou pelo menos 30 dias de 2009, com carteira assinada, e é inscrito no programa do PIS por pelo menos cinco anos, tem direito ao benefício; o saque pode ser feito nas agências da Caixa Econômica Federal

Mais de 20 mil trabalhadores, em Pernambuco, ainda não sacaram o abono salarial referente ao ano de 2009. Quem trabalhou pelo menos 30 dias nesse ano, com carteira assinada, e é inscrito no Programa de Integração Social (PIS) por cinco anos, tem direito ao benefício. O prazo para retirar o dinheiro vai até o dia 30 de junho.

De acordo com o auditor fiscal do trabalho José Alberto Maia, da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego, em agosto deste ano, esses trabalhadores terão direito a outro abono. “O segundo abono é referente ao ano de 2010, porque os empregadores tiveram até o final de fevereiro de 2011 para informar a RAIS [Relação Anual de Informações Sociais], que é a fonte de informação para saber quem tem direito a esse abono”, explica.

Caso os trabalhadores não retirem o benefício, o dinheiro volta para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). “O trabalhador perde o direito a esse dinheiro. E para esse pessoal que recebe até dois salários mínimos, esse abono é algo muito representativo”, diz Maia. Somente quem trabalhou para os contribuintes do PIS é que tem direito ao benefício: “No caso, nem os aprendizes, nem os estagiários, nem empregados domésticos têm direito”.

O saque desse abono pode ser feito nas agências da Caixa Econômica Federal. “Quem tem o cartão do trabalhador e a senha cadastrada pode sacar, também, nos caixas eletrônicos, casas lotéricas e nos agente caixa-ativo. E quem não tiver o cartão cidadão pode comparecer à Caixa portando apenas um documento de identidade e o seu cartão do PIS, para que se saiba se ele faz jus”, explica o auditor fiscal.

Maia explica que o PIS, instituído para as empresas privadas, foi unificado ao Pasep (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público): “Desde a Constituição de 88 foram unificados esses fundos e passamos a chamar de fundo PIS/Pasep”.

Segundo ele, mais de 96% das pessoas que ainda não retiraram o abono já foram informadas. “Para esse restante, cerca de 20 mil pessoas, a gente tem feito essa campanha para avisar que há esse dinheiro esperando”, conclui.

Compartilhe no
Notícias relacionadas...

Outras notícias...

Expediente:
Presidenta: Suzineide Rodrigues • Secretário de Comunicação: Epaminondas Neto • Conselho Editorial: Suzineide Rodrigues, Epaminondas Neto, Josenildo Santos, Beatriz Albuquerque e Expedito Solaney • Jornalista Responsável: Beatriz Albuquerque  Redação: Beatriz Albuquerque e Brunno Porto • Produção de audiovisual: Kevin Miguel •  Programação Visual: Bruno Lombardi