18/09/2019

Sindicato visita agências de bancos privados em defesa do emprego



Nesta quarta-feira (18), dirigentes do Sindicato dos Bancários de Pernambuco visitaram agências de bancos privados no Recife para defender o emprego, a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) e o fim do assédio moral. Dialogando com clientes e funcionários, o ato realizado pelo Sindicato passou pelo Bradesco - Agência Derby, pelo Santander - Agência Praça do Entroncamento, finalizando nas agências do banco Itaú - Praça do Entroncamento e Parque Amorim.

Para presidenta do Sindicato, Suzineide Rodrigues, é necessário defender os direitos dos bancários dos bancos privados, para que a população não tenha o atendimento precarizado e o emprego dos bancários seja garantido. “Estamos preocupados com tudo que está acontecendo no País, sobretudo com os graves ataques contra nossa categoria. Estamos garantidos por uma CCT que nos protege até 2020, mas precisamos nos unir para que no próximo ano estejamos mais fortes para lutar pela manutenção dos nossos direitos. O precário atendimento dentro das agências e o adoecimento e pressão que nossos companheiros estão sofrendo são frutos do retrocesso imposto pelos banqueiros”, afirma Suzineide.



Os dirigentes do Sindicato destacaram que estão intensificando a agenda de luta contra o assédio moral e em defesa do emprego, mesmo já tendo garantido o reajuste de 4,31%. Outro foco importante debatido nesta quarta-feira foi a importância da sindicalização, apontando a mobilização como caminho necessário para manutenção dos direitos.


“Precisamos ficar cada vez mais perto do Sindicato, unindo forças para luta que vai ser necessária daqui para frente. Converse com seus colegas de banco sobre ser sindicalizado, já que o governo Bolsonaro está fazendo de tudo para não deixar que nossa categoria continue sendo representada por esta entidade”, destaca o dirigente do Sindicato, Flávio Coelho.

Na agência do Santander, o Sindicato destacou que o banco espanhol é o único entre públicos e privados que irá pagar a PLR após 20 de setembro, data limite prevista pela CCT. A COE Santander cobra respeito à Convenção Coletiva de Trabalho. 

Compartilhe no
Notícias relacionadas...

Outras notícias...

Expediente:
Presidenta: Suzineide Rodrigues • Secretário de Comunicação: Epaminondas Neto • Conselho Editorial: Suzineide Rodrigues, Epaminondas Neto, Josenildo Santos, Beatriz Albuquerque e Expedito Solaney • Jornalista Responsável: Beatriz Albuquerque  Redação: Beatriz Albuquerque e Brunno Porto • Produção de audiovisual: Kevin Miguel •  Programação Visual: Bruno Lombardi