04/06/2019

Assembleia irá deliberar adesão dos bancários à Greve Geral



No dia 11 de junho, os bancários de Pernambuco deliberam sobre a adesão da categoria à Greve Geral. A mobilização nacional contra a PEC 006/2019 da reforma da Previdência foi convocada pelas centrais sindicais para o dia 14 de junho. A Assembleia Geral Extraordinária será realizada às 18h, na sede do Sindicato dos Bancários de Pernambuco.


A greve geral pela aposentadoria e por mais empregos está sendo organizada pela Central Única dos Trabalhadores e demais centrais sindicais - CTB, Força Sindical, CGTB, CSB, Nova Central, CSP- Conlutas e Intersindical.


O Sindicato dos Bancários de Pernambuco tem percorrido as agências bancárias para debater com os trabalhadores sobre o desmonte da Seguridade Social e participado dos atos públicos em defesa da aposentadoria rumo à Greve Geral. “A orientação da diretoria do Sindicato é pela aprovação da adesão à Greve Geral, pois entendemos que essa deforma da Previdência é o fim do direito à aposentadoria de milhões de trabalhadoras e trabalhadores. A categoria bancária é reconhecida por sua combatividade e estará unida as demais categorias nesta luta”, afirma a presidenta do Sindicato, Suzineide Rodrigues.


A reforma da Previdência de Bolsonaro acaba com a aposentadoria por tempo de contribuição e impõe a obrigatoriedade da idade mínima de 65 anos para os homens e 62 para as mulheres; aumenta o tempo mínimo de contribuição de 15 anos para 20 anos; e muda o cálculo do valor do benefício para reduzir o valor pago pelo INSS - trabalhadores vão receber apenas 60% do valor do benefício. Para ter acesso à aposentadoria integral, a trabalhadora e o trabalhador terão de contribuir por pelo menos 40 anos.


Além disso, a reforma exclui da Constituição Federal a regra que determina a reposição da inflação para os benefícios acima do salário mínimo pagos a aposentados e pensionistas da iniciativa privada e do setor público. E desvincula os valores dos benefícios do salário mínimo. Essas mudanças podem rebaixar drasticamente os valores dos benefícios, inclusive de quem se aposentou antes de a reforma ser aprovada.


A secretária-Geral do Sindicato, Sandra Trajano, reforça a dimensão dos impactos, caso a reforma seja aprovada. “A proposta afeta os trabalhadores da ativa, os aposentados, assim como os que ainda vão ingressar no mercado de trabalho. A chamada ‘nova Previdência’ não combate privilégios e beneficia empresários e banqueiros. Não aceitaremos retirada de direitos. Rumo à Greve Geral”, conclui.


CALENDÁRIO DE ASSEMBLEIAS

05 DE JUNHO, ÀS 18H30
Eleição de delegações: 21ª Conferência Nacional dos Bancários, VIII Conferência Regional da Fetrafi/NE, 13º CONCUT e 15º CECUT

06 DE JUNHO, ÀS 18H30
Eleição da delegação para o Congresso Nacional dos Funcionários do Banco do Nordeste do Brasil

11 DE JUNHO, ÀS 18H
Deliberação sobre adesão à Greve Geral

11 DE JUNHO, ÀS 19H

Eleição da delegação para o Congresso Nacional dos Empregados da Caixa Econômica Federal

13 DE JUNHO, ÀS 18H30
Eleição da delegação para o Congresso Nacional dos Funcionários do Banco do Brasil

Compartilhe no
Notícias relacionadas...

Outras notícias...

Expediente:
Presidenta: Suzineide Rodrigues • Secretário de Comunicação: Epaminondas Neto • Conselho Editorial: Suzineide Rodrigues, Epaminondas Neto, Josenildo Santos, Beatriz Albuquerque e Expedito Solaney • Jornalista Responsável: Beatriz Albuquerque  Redação: Beatriz Albuquerque e Brunno Porto • Produção de audiovisual: Kevin Miguel •  Programação Visual: Bruno Lombardi