21/07/2018

Encontro dos Bancários do Interior foca na Campanha Nacional 2018



No ambiente de poucos avanços registrados nas três rodadas de negociação da Campanha Nacional Unificada 2018, é realizado o VII Encontro dos Bancários do Interior na cidade de Serra Talhada. A agenda promovida pelo Sindicato dos Bancários de Pernambuco cumpre seu objetivo de mobilizar bancários de todos os bancos públicos e privados do Sertão pernambucano, além de representantes de várias centrais sindicais e federações.

A tônica do encontro foi a necessidade de ampla e sistemática participação de toda a categoria para a defesa de seus direitos no contexto de retrocessos impostos pela reforma trabalhista pró-classe patronal.

Dentre os principais pontos, destacam-se a minuta entregue pelo Comando Nacional dos Bancários à Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) que reivindica a ultratividade, integralidade da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) e da Mesa de Negociação Unificada, bem como o aumento real do salário, maior Participação nos Lucros e Resultados (PLR), e melhores condições de trabalho, entre outros.

Durante a abertura do evento, a presidenta do Sindicato, Suzineide Rodrigues, apresenta para os participantes os resultados das três rodadas da mesa de negociação.

“Nunca foi fácil construir o acordo com os banqueiros, mas neste contexto de reforma trabalhista pró-classe patronal está muito mais complexo. Os banqueiros estão travando as negociações enquanto aguardam o desenho político-eleitoral brasileiro para saber se as forças que defendem a classe trabalhadora se aglutinarão e marcarão presença neste novo cenário. Por isso, as bancárias e bancários devem compreender a  importância das eleições deste ano para a garantia de nossos direitos”, alertou.

Na ocasião, ela anunciou a criação de uma subsede na cidade de Serra Talhada neste ano com o propósito de intensificar as ações na base.

Além de bancários das cidades de Serra Talhada, São José do Egito, Serrita, Salgueiro e Recife, o evento reuniu vários diretores do Sindicato e representantes da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), da Federação dos Trabalhadores do Ramo Financeiro do Nordeste (Fetrafi-NE) e do Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação de Serra Talhada (Sintest).

O VII Encontro dos Bancários do Interior prossegue no dia 28 de julho na cidade sertaneja de Arcoverde.



Palestras e Debates 

A pesquisadora do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE), Jackeline Natal, destaca que mesmo com a crise na economia brasileira, as empresas do ramo financeiro têm lucros recordes.

“Só com as taxas bancárias cobradas aos clientes, os bancos pagam toda a sua folha de empregados, além dos lucros bilionários. Portanto, não se justifica que os banqueiros não atendam às reivindicações justíssimas apresentadas pela categoria bancária”, argumentou Jackeline Natal.

Já o secretário-Geral da Contraf-CUT, Gustavo Tabatinga, apresentou um painel sobre conjuntura política e os ataques às empresas públicas. “O desmonte dos bancos públicos chefiado pelo governo entreguista em vigor significa, na prática, entregar as grandes riquezas nacionais e o comando da economia brasileira nas mãos do capital privado para fins de exploração”, advertiu.

Compartilhe no
Notícias relacionadas...

Outras notícias...

Expediente:
Presidenta: Suzineide Rodrigues • Secretário de Comunicação: Epaminondas Neto • Conselho Editorial: Suzineide Rodrigues, Epaminondas Neto e Adeílton Filho • Jornalista Responsável: Micheline Américo  Redação: Beatriz Albuquerque e Brunno Porto • Coordenação, Supervisão e Produção de audiovisual: Tempus Comunicação •  Programação Visual: Bruno Lombardi