20/12/2017

Sindicato protesta contra fechamento de 15 agências do Banco do Brasil no Interior

O Sindicato dos Bancários de Pernambuco reagiu com protesto ao fechamento de 15 agências do Banco do Brasil espalhadas pelo interior do Estado, onde três foram revertidas após muita luta. Quatro agência da capital e RMR também já foram fechadas. Na tarde desta quarta-feira (20), em frente a agência do BB da Avenida Rio Branco, no Centro do Recife, a entidade sindical realizou um importante ato em defesa dos bancários e bancárias, bem como de toda população que sofre com a falta dos serviços das instituições financeiras públicas.



A presidenta do Sindicato, Suzineide Rodrigues, que na manhã desta quarta já havia participado de um grandioso ato que paralisou mais de 90% das agências do Santander, enfatizou a luta permanente em defesa da categoria e da população.


“O Banco do Brasil vem esquecendo a importância do seu papel social, levando, também, seus funcionários e funcionárias a uma situação de estresse e de assédio moral. O banco, que teve em 2017 um lucro exorbitante, vem procurando fechar agências, deixando várias cidades do interior desassistidas. Não podemos permitir tão grave situação”, declarou Suzineide.



A população que passava pelo local também foi avisada dos riscos da perda de seus direitos diante das reformas Trabalhista e Previdenciária, bem como sobre o processo de privatização que assombra todos os brasileiros.


“Tudo que é público é do povo. A gente tem que parar o país para que todas essas injustiças acabem e a situação volte a melhorar. Temos que acabar com a ideia de que tudo que é público não presta, porque se as privatizações acontecerem, o que está ruim, vai ficar insustentável”, comentou Tereza Souza, diretora da Fetrafi/NE.


Andreza Camila, secretária do Ramo Financeiro do Sindicato, disse que “este ato é mais um contra o desmonte do Estado brasileiro. Estas ações do BB vêm para acabar de vez com o Banco e levá-lo para privatização. O atendimento ruim nas agências é fruto da precarização dos locais de trabalho, da falta de funcionários e do total descaso co a população”.


Compartilhe no
Notícias relacionadas...

Outras notícias...

Expediente:
Presidenta: Suzineide Rodrigues • Secretário de Comunicação: Epaminondas Neto • Conselho Editorial: Suzineide Rodrigues, Epaminondas Neto e Adeílton Filho • Jornalista Responsável: Micheline Américo  Redação: Beatriz Albuquerque e Brunno Porto • Coordenação, Supervisão e Produção de audiovisual: Tempus Comunicação •  Programação Visual: Bruno Lombardi