24/10/2017

Manifestantes protestam em defesa do direito à moradia



Diante da ameaça de privatização dos bancos público e do consequente desmonte dos programas de moradia, mais mil manifestantes interditaram, na manhã desta terça-feira (24), uma das principais avenidas do Recife, a Agamenon Magalhães.

Durante o protesto, os manifestantes exigiram, ainda, a retomada de obras paralisadas e a entrega de habitacionais já construídos. Eles também ocuparam o prédio da Superintendência da Caixa Econômica Federal, demonstrando posição contrária à venda das estatais financeiras. 

Comandado por 14 organizações, entre eles o Movimento Nacional de Luta pela Moradia (MNLM), o ato integra um conjunto ações que vem sendo realizado em todo o Brasil em defesa do direito à moradia. 

“O governo ilegítimo de Michel Temer planeja remanejar 84% dos recursos destinados à moradia para outras “prioridades. Nós não aceitaremos nenhum desvio de recurso, tendo em vista a importância de programas como o Minha Casa Minha Vida, que, em caso de extinção, trará prejuízos inestimáveis para a população menos favorecida. Por isso estamos nas ruas, dialogando com as pessoas, alarmando sobre a gravidade do fato”, esclarece o dirigente nacional do MNLM, Paulo André. 

Para a presidenta do Sindicato dos Bancários de Pernambuco, Suzineide Rodrigues, é importante que outros atores sociais reforcem a luta em defesa dos bancos públicos. “Quanto mais pessoas e entidades se somarem à causa, maiores são as chances de vencermos essa batalha contra o mercado de capitais que visa apenas explorar ainda mais o povo brasileiro”, declarou.



Compartilhe no
Notícias relacionadas...

Outras notícias...

Expediente:
Presidenta: Suzineide Rodrigues • Secretário de Comunicação: Epaminondas Neto • Conselho Editorial: Suzineide Rodrigues, Epaminondas Neto, Josenildo Santos, Beatriz Albuquerque e Expedito Solaney • Jornalista Responsável: Beatriz Albuquerque  Redação: Beatriz Albuquerque e Brunno Porto • Produção de audiovisual: Kevin Miguel •  Programação Visual: Bruno Lombardi