25/09/2017

Sindicato irá recorrer de decisão que julga paralisação de empregados da Caixa ilegal




A secretaria de Assuntos Jurídicos do Sindicato dos Bancários de Pernambuco irá recorrer da decisão da Justiça do Trabalho, que julgou improcedente o pedido de não efetuação dos descontos nos salários dos empregados da Caixa Econômica Federal que aderiram ao Dia Nacional de Paralisação – Greve Geral, ocorrido em 28 de abril.
 
A sentença foi proferida pela 8ª Vara do Trabalho de Recife na última sexta-feira (22). Em sua decisão sentencia que a greve teve “caráter abusivo” e “cunho político”, devendo as faltas serem consideradas injustificadas.
 
O impasse com a Caixa está sendo tratado pela entidade assim como pela Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), que solicita imediata negociação junto ao banco.

Para a presidenta do Sindicato, Suzineide Rodrigues, a decisão fere à Constituição da República. “É assegurado aos trabalhadores decidirem sobre a oportunidade de exercer o direito de greve e sobre os interesses que devem defender. A adesão ao movimento paredista nacional no dia 28 de abril foi referendada em assembleia da categoria. Mas, nesse momento de politização e partidarização das instituições republicanas, as decisões da Justiça estão contaminadas pelos ventos ultraliberais que extirpam os direitos da classe trabalhadora”, critica.

Compartilhe no
Notícias relacionadas...

Outras notícias...

Expediente:
Presidenta: Suzineide Rodrigues • Secretária de Comunicação: Epaminondas Neto • Conselho Editorial: Suzineide Rodrigues, Epaminondas Neto, Adeílton Filho e Epaminondas Neto • Jornalista Responsável: Micheline Américo  Redação: Beatriz Albuquerque e Ingrid Elihimas • Coordenação, Supervisão e Produção de audiovisual: Tempus Comunicação •  Programação Visual: Bruno Lombardi