01/08/2017

Sindicato dá suporte a nova reintegração nesta terça-feira (1)



As demissões ilegais de funcionários de bancos privados não cessam. Por este motivo, o Sindicato dos Bancários de Pernambuco permanece atuando fortemente para garantir reintegrações. Nesta terça-feira (1), representantes da entidade acompanharam a oficialização do retorno do bancário Washington Viana, do Itaú.


De 1º de janeiro a 1º de agosto, o Sindicato soma 37 reintegrações em bancos privados e públicos. O caso de Washington Viana, que permanece em benefício previdenciário, não é inédito de acordo com os registros do Sindicato.


Ele trabalha há 34 anos na referida entidade financeira e por motivo de saúde precisou se afastar quatro vezes das atividades, sendo a primeira licença concedida pelo Instituto Nacional de Seguridade Social em 2012. Com histórico de doença ocupacional, foi demitido em junho deste ano às vésperas das férias. "A postura do banco ao demitir sem justificativa revela a falta de respeito da empresa com os seus colaboradores", avalia o bancário.


Para a presidenta do Sindicato, Suzineide Rodrigues, a demissão de funcionários antigos e com comprovada doença ocupacional demonstra que os bancos não tem valorizado os seus funcionários. "Essa tem sido uma prática dos bancos privados. Demitir funcionários que estão perto de completar 35 anos de trabalho para contratar pessoas mais novas e com salários mais baixos. Não vamos aceitar arbitrariedades e seguiremos lutando pela reintegração de todos", afirma.






Compartilhe no
Notícias relacionadas...

Outras notícias...

Expediente:
Presidenta: Suzineide Rodrigues • Secretária de Comunicação: Epaminondas Neto • Conselho Editorial: Suzineide Rodrigues, Epaminondas Neto, Adeílton Filho e Epaminondas Neto • Jornalista Responsável: Micheline Américo  Redação: Beatriz Albuquerque e Brunno Porto • Coordenação, Supervisão e Produção de audiovisual: Tempus Comunicação •  Programação Visual: Bruno Lombardi