12/06/2017

Frente em defesa dos bancos públicos será lançada nesta terça-feira



Será lançada nesta terça-feira (13), a partir das 13h, no auditório Interlegis do Senado Federal (Avenida N2 – Anexo E), em Brasília (DF), a Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Bancos Públicos, a ser integrada por deputados federais e senadores de diversos partidos. A iniciativa de criação dessa Frente partiu do senador Lindbergh Farias (PT/RJ), com base nas ações de entidades como a Fenae, Contraf/CUT, Comitê Nacional em Defesa das Empresas Públicas, associações de empregados do BNB e BNDES, além de outras vinculadas à categoria bancária.


Caberá à Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Bancos Públicos ampliar os debates na sociedade e articulações no Congresso Nacional para barrar projetos de reestruturação que miram o sucateamento e privatização das instituições financeiras públicas, como Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil e BNDES. Outro propósito é fomentar ações para informar e sensibilizar os parlamentares a respeito da importância dos bancos públicos para o desenvolvimento econômico e social do país.

Paralelamente ao lançamento da Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Bancos Públicos, estão previstos encontros em cada região do país para apresentar esse debate à sociedade, que depende dos bancos públicos para o fomento de crédito e programas sociais.

Realização de seminário

Antes do ato que lançará a Frente, haverá o seminário “Estratégias para financiar o desenvolvimento”, das 9h30 às 12h, no auditório Interlegis, no Senado. Participam como debatedores o economista Luiz Gonzaga Belluzzo (professor-titular aposentado da Unicamp), a bancária Juvândia Moreira Leite (presidente do Sindicato dos Bancários de São Paulo e vice-presidente da Contraf/CUT), o economista Fernando Nogueira da Costa (professor-titular do Instituto de Economia da Unicamp) e Wellington Dias (governador do Piauí), que também é empregado da Caixa.

O foco desse seminário será o debate sobre a importância dos bancos públicos para o desenvolvimento econômico e social do Brasil.

Defesa do Estado

Para o presidente da Fenae, Jair Pedro Ferreira, o objetivo da luta das entidades representativas é a defesa do Estado. E acrescenta: “Esses debates são importantes, porque os trabalhadores das empresas públicas são seus principais defensores. Temos que ampliar a nossa mobilização para mostrar à sociedade a importância de cada uma dessas empresas, lutando para que essas estatais não sejam privatizadas. A Fenae se coloca mais uma vez nesse embate e prescreve o remédio da democratização do Estado e da sociedade como solução para um país melhor, mais desenvolvido, menos desigual, mais justo e mais fortalecido, tendo claro que se é público, é para todos”.  

Compartilhe no
Outras notícias...

Expediente:
Presidenta: Suzineide Rodrigues • Secretária de Comunicação: Daniella Almeida • Conselho Editorial: Suzineide Rodrigues, Daniella Almeida, Adeílton Filho e Epaminondas Neto • Jornalista Responsável: Micheline Américo  Redação: Beatriz Albuquerque e Ingrid Elihimas • Coordenação, Supervisão e Produção de audiovisual: Tempus Comunicação •  Programação Visual: Bruno Lombardi