25/03/2011

Sindicato e bancos retomam negociações sobre saúde dos bancários nesta sexta

O Sindicato reúne-se nesta sexta-feira, dia 25, com a Fenaban para retomar as negociações da Mesa Temática de Saúde do Trabalhador. Os debates darão continuidade ao processo iniciado no ano passado. Entre os principais assuntos da pauta estão as metas abusivas e o programa de reabilitação profissional. O encontro acontece às 15h30, em São Paulo.

A presidenta do Sindicato, Jaqueline Mello, ressalta que um dos principais objetivos desta negociação é garantir a implantação do programa de reabilitação profissional. “Este programa já está previsto na Convenção Coletiva dos Bancários, mas sua adesão é facultativa por parte dos bancos. Como temos encontrado dificuldade de negociar sua implantação com os bancos de forma individual, queremos acertar com a Fenaban que seja obrigatória a adesão de todas as instituições financeiras ao programa”, afirma Jaqueline.

O Sindicato também vai pautar a discussão sobre metas, iniciada durante a Campanha Nacional do ano passado. Na época, apesar da greve de 15 dias, o debate não avançou, mas a Fenaban sinalizou que aceitaria continuar a discussão na mesa temática.

“As metas são uma das principais reclamações dos bancários. Elas são um dos maiores fatores para a disseminação do assédio moral nos bancos e têm acabado com a saúde física e mental dos bancários”, explica Jaqueline. O Sindicato quer estabelecer parâmetros para que as metas possam ser adequadas não só à capacidade dos trabalhadores como também às especificidades regionais.

Igualdade de oportunidades – A reunião da mesa temática de Igualdade de Oportunidades, agendada para o próximo dia 29, foi adiada a pedido da Fenaban. Ainda não foi definida uma nova data. Nesta mesa, os bancários esperam dar continuidade às discussões realizadas em 2010, quando a Fenaban acenou positivamente para algumas propostas do movimento sindical. Entre elas, estão a inclusão de conteúdo proposto pelo Sindicato na grade do curso de formação de líderes da Febraban e a realização de uma campanha conjunta de sensibilização e valorização da ampliação da licença maternidade para 180 dias.

Terceirização –
Está confirmada para o próximo dia 31 a retomada da mesa de negociações sobre Terceirização. Entre outros pontos, os bancários querem o fim da terceirização e a contratação de todos os terceirizados, além da garantia de emprego (Convenção 158 da OIT), ampliação do número de funcionários e a qualificação dos empregados.

Compartilhe no
Notícias relacionadas...

Outras notícias...

Expediente:
Presidenta: Suzineide Rodrigues • Secretário de Comunicação: Epaminondas Neto • Conselho Editorial: Suzineide Rodrigues, Epaminondas Neto, Josenildo Santos, Beatriz Albuquerque e Expedito Solaney • Jornalista Responsável: Beatriz Albuquerque  Redação: Beatriz Albuquerque e Brunno Porto • Produção de audiovisual: Kevin Miguel •  Programação Visual: Bruno Lombardi