05/07/2011

Santander e Itaú lideram ranking de reclamações de clientes no Banco Central

Santander e Itaú, bancos que passaram por fusões, lideraram nos últimos meses o ranking de reclamações no Banco Central. Em maio, o Santander teve 247 reclamações consideradas procedentes, equivalente a 1,15 reclamações por grupo de 100 mil clientes. Desse total, 103 queixas foram relativas a débitos não autorizados na conta, enquanto 43 diziam respeito à segurança por conta de operações não reconhecidas.

Em abril, foi a vez do Itaú liderar o ranking do Banco Central com 148 queixas -0,67 por 100 mil clientes. No caso do Itaú, a maioria das reclamações - total de 30 queixas - também era sobre débitos não autorizados. O banco teve ainda outras 30 reclamações por conta da cobrança irregular de tarifas bancárias por serviços.

A maior reclamação dos clientes no Banco Central é sobre a ocorrência de débitos não autorizados na conta. Em maio, foram registrados no Banco Central 251 casos de débitos não autorizados, 80% mais do que os 140 apurados em abril.

Em maio, também aumentou a ocorrência de reclamações por conta da cobrança de tarifas irregulares. Foram 166 ocorrências em maio, após 89 casos em abril.

Antes do prazo - Além de débitos irregulares, os clientes reclamam dos bancos na hora de tentar quitar débitos com antecedência. Muitos reclamam que não conseguem sequer obter informação antes de partir para uma negociação com o gerente sobre o assunto.

Para efetuar uma reclamação, o cliente pode ir ao site do BC (www.bcb.gov.br) e procurar a seção "Cidadão".

Compartilhe no
Notícias relacionadas...

Outras notícias...

Expediente:
Presidenta: Suzineide Rodrigues • Secretário de Comunicação: Epaminondas Neto • Conselho Editorial: Suzineide Rodrigues, Epaminondas Neto, Josenildo Santos, Beatriz Albuquerque e Expedito Solaney • Jornalista Responsável: Beatriz Albuquerque  Redação: Beatriz Albuquerque e Brunno Porto • Produção de audiovisual: Kevin Miguel •  Programação Visual: Bruno Lombardi